qual a melhor carne para churrasco

Qual a melhor carne para churrasco? Conheça opções suculentas!

O churrasco é uma verdadeira paixão dos brasileiros em diferentes tipos de comemorações e festas, desde casamentos a confraternizações e reuniões de família. É um prato capaz de unir as pessoas. Mas para obter uma preparação deliciosa, macia e suculenta, bate aquela dúvida: afinal, qual a melhor carne para churrasco?

Nos supermercados estão disponíveis diferentes opções. Por isso, para fazer a escolha ideal, é fundamental entender algumas características, como quantidade de gordura, tempo para assar, opções de temperos e outros detalhes.

Pensando nisso, vamos apresentar qual a melhor carne para fazer churrasco. Fique por dentro!

Picanha

A primeira da lista é uma das mais pedidas nos churrascos. A picanha é suculenta, apetitosa e tem um sabor delicioso por conta de sua capa de gordura, que não deve ser tirada antes da preparação.

A carne pode ser assada em fatias ou inteira, na grelha ou no espeto. O interessante é temperar somente com sal refinado ou grosso. No momento de assar, a dica é selar a picanha.

Portanto, deixe a carne próxima do fogo e vire por alguns minutos até que ela perca o tom avermelhado. Depois, afaste e deixe chegar ao ponto desejado. Essa mudança de altura da churrasqueira faz com que a peça fique mais saborosa e suculenta.

Costela

A costela é um corte clássico, que exige cuidado e tempo em seu preparo. Ela apresenta um sabor irresistível e pode ser encontrada em duas versões: costela ponta de agulha e costela de ripa.

A costela de ripa é a parte mais nobre da costela, cortada em tiras ou em ripas, como diz o nome. Ela apresenta grande quantidade de gordura e de carne. Enquanto isso, a costela ponta de agulha é caracterizada por sua maciez, suculência e por ser bem entremeada por gordura e carne.

Para temperar, você pode caprichar no molho barbecue ou utilizar apenas sal grosso. Outra dica é cortar a peça de maneira redonda e cercar com cebola, presa com garfo de churrasco.

O seu tempo de cozimento é bem longo e o ideal é vedar a costela com papel-alumínio. Na hora de assar, deixe em fogo brando por cerca de 3 horas.

Fraldinha

Diferentemente das outras carnes para churrasco já citadas em nossa lista, a fraldinha é uma peça com baixo teor de gordura. Pode ser considerada uma alternativa menos calórica e mais leve, ideal para crianças ou para quem está de dieta. Também é uma peça mais barata, assim como a costela.

As fibras da carne são bem longas, mas o corte é pequeno. Portanto, essa carne é assada com mais facilidade, sendo esse um ponto positivo. Antes de assar, é importante selar a fraldinha para que ela retenha o seu suco na parte de dentro e fique mais suculenta no momento de cortar.

Depois, é necessário colocar a peça na parte baixa da churrasqueira e deixar por cerca de 5 minutos de cada lado. Para temperar, basta usar suco de laranja, alho, sal, limão e manteiga.

Sirva a fraldinha no churrasco do almoço e com acompanhamentos como batata assada, legumes ou cogumelos, para deixar o prato ainda mais gostoso.

Contrafilé

Com um sabor marcante, macio e bom custo-benefício, o contrafilé é ideal para quem gosta de uma carne mal passada. Afinal, mesmo sendo preparada desse modo, a peça não perde a maciez e o sabor característicos.

Esse tipo de carne necessita de alguns cuidados no momento do preparo. Uma das dicas é retirar o nervo lateral, seguindo o sentido da fibra. Caso vá preparar o contrafilé no espeto, basta temperar com sal grosso.

Se prefere a grelha, asse o contrafilé dentro de um papel-alumínio com um pedaço de cebola. Essa é uma ótima opção, pois a carne absorve bem o sabor do legume. Nas duas alternativas, o recomendado é assar a carne em uma temperatura alta para evitar que a peça enrijeça.

Alcatra

Afinal, qual a melhor carne para churrasco: alcatra ou contrafilé? A alcatra apresenta um corte nobre e clássico, sendo uma carne saborosa para qualquer churrasco. O corte inteiro é composto pelo lombo superior, miolo de alcatra, maminha e picanha.

É uma carne magra, que apresenta pouca quantidade de gordura e, por essa razão, precisa ser assada em até 20 minutos na churrasqueira para que não perca a sua suculência.

O ideal é assar na grelha, mas também pode ser preparada no espeto e cortada em fatias grossas de, aproximadamente, 8 centímetros. Para temperar a alcatra, você pode usar sal grosso ou uma pasta de alho com sal fino.

Cupim

Queridinho nos churrascos, o cupim é uma carne com muita fibra, caracterizado pela gordura entremeada, que traz uma maciez única e um sabor acentuado.

Para assar essa peça você vai gastar um longo tempo. Em sua preparação, é necessário envolver o corte em papel-alumínio ou papel-filme, para reter o suco e o calor do fogo.

Além disso, outra dica para assar o cupim é cozinhar a carne antes na panela de pressão, para deixá-la mais macia. Para temperar, você pode fazer uma pasta com alho, cebola roxa, óleo, sal, folhas de louro e pimenta-do-reino.

Maminha

Vencedora de suculência, a maminha apresenta uma grande quantidade de gordura, que não deve ser tirada na hora do preparo, pois é o que ajuda a preservar a maciez e o sabor da carne.

Para servir a maminha no churrasco, opte por cortar em fatias no sentido contrário às fibras, a fim de manter a sua maciez. Uma boa dica de tempero é preparar uma pasta com manteiga, páprica doce, alho, alecrim, cebola e sal grosso. Na hora de assar, você pode preparar a peça na grelha, em porções mais finas ou no espeto.

Agora você já sabe qual a melhor carne para churrasco e a importância de conhecer as características de cada tipo de corte para escolher a opção ideal. Na hora de adquirir os ingredientes, lembre-se de escolher um supermercado de qualidade e que ofereça promoções e preços justos, como o Superatacado Nova Era!

Gostou de conhecer qual a melhor carne para churrasco e mais barata? Se quiser economizar ainda mais em suas compras, confira os produtos do Nova Era que estão com até 40% de desconto!

Cadastre-se agora para receber nossos conteúdos exclusivos e gratuitos por email!